loto-facil

DICAS, ESTUDOS, PALPITES E MACETES SOBRE A LOTO FÁCIL. & LOTERIAS EM GERAL!!!


    Instinto selvagem das fêmeas urbanas

    Compartilhe

    Apostador de Loteria

    Mensagens : 34
    Data de inscrição : 10/10/2009

    Instinto selvagem das fêmeas urbanas

    Mensagem por Apostador de Loteria em Seg Jun 28, 2010 2:53 pm

    Instinto selvagem das fêmeas urbanas

    Tenta me dominar se for macho! A me dominar se for macho!

    Elas bem que poderiam ser chamadas de mulheres de gênio forte porque nunca fogem de um enfretamento.
    O problema é que elas procuram confrontos porque precisam deles para dar algum sentido em suas vidas.
    Esqueça aquelas mulheres com jeitinho submisso, as famosas Amélias ou "Lavadoras de Cuecas", estas mulheres podem passar qualquer impressão, menos de passivas. Elas não lavam, não passam, não sonham em virar escravas de marido, e a maioria é independente financeiramente. Mesmo assim, com todas essas qualidades, dificilmente arrumam algum homem que não seja um jagunço!
    "Gosto dele porque ele não me deixa fazê-lo de bobo. Se percebe que estou muito atrevida, me manda calar a boca e tenta assumir o controle... Mas eu não deixo e a gente só falta se pegar..."
    Escutei esta pérola de uma garota que estava enrabichada com um cara bem ignorante, de gênio tão forte quanto o dela, por isso brigavam todos os dias. E ela fazia de tudo para contrariá-lo, provocando, afrontando, tudo para ele entender que com ela as coisas funcionavam da seguinte maneira:
    Se me proíbe eu faço; se me libera eu arrumo algo para ele tentar me proibir de fazer.
    O que existe é um jogo de poder, onde este tipo de mulher faz de tudo para contrariar o parceiro, para ver até que ponto ele agüenta. E como eles não costumam ser nem um pouco pacientes, já que deixei bem claro que o que elas gostam mesmo é de brucutus, acabam fazendo o mesmo jogo: quem piscar primeiro, perde.
    E para jogar este jogo elas preferem homens autoritários e dominadores, tão neuróticos quanto elas!
    Claro, brigar com homem educado é muito fácil, nem dá graça!
    Conheço uma porrada de mulheres assim. E uma delas é uma colega que resolveu dar um tempo com os chucros. Então ela arrumou um carinha legal, calmo, que não era ciumento, tudo de bom mesmo, mas que estava a ponto de matá-la de tédio!
    "Pra ele tudo está bom, nunca briga e sempre quer conversar... Só que eu gosto de homem "forte", que se garante, que briga comigo e não fica com tantos cuidados como se eu fosse de porcelana!"
    Bem, ela trocou de namorado e agora vive feliz, brigando todo dia com um cara que é mais grosso que pele de joelho.
    Mas é bom deixar bem claro que elas não tem nada de masoquistas e nem gostam de apanhar de macho. Mesmo caminhando em fio de navalha, se um homem quiser saber o significado da palavra "vingança", basta encostar um dedo nelas. Esta mesma amiga que acabei de descrever, um dia levou uns tapas de um de seus namorados, e não deu uma semana para mandar uns amigos dar um "corretivo" nele!
    O mais interessante neste tipo de mulheres é que nunca fica muito tempo com o mesmo homem. Por causa da personalidade confrontadora, elas se cansam de brigar sempre com a mesma pessoa. Então, quando bate o tédio elas correm para arrumar um novo desafio.
    Algumas são como gatos, que se deitam no chão, fingindo que estão vulneráveis, só para o oponente se aproximar e cair em suas garras. Existem garotas que se aproximam de homens chucros, destes que não curtem mulheres de "gênio forte", e se fazem de coitadinhas, pobres mulheres frágeis, tudo para atraí-los. Então, quando o cara acha que acabou de tirar a sorte grande por ter encontrando uma Amélia, o que ele ganha mesmo é um Louva Deus Fêmea!!!
    Como deixei claro, muitas gostam de competir para ver até que ponto um homem pode chegar na tentativa de tentar dominá-las. E ao primeiro sinal de fraqueza, quando ele perde sua "capacidade de macho", elas se vão. Claro, pra quê ficar com um cara que não quer mais brigar?
    É um comportamento insano, quase sem espaço para o diálogo, mas com muito sexo. E bota sexo nisso, porque elas fazem sexo da mesma maneira que vivem: selvagem, de preferência com o cara fazendo de tudo para submetê-las, o que não é nada fácil.
    Existem alguns casos onde a mulher simplesmente se recusa a fazer sexo, como uma maneira de se impor, chegando muitas vezes a usá-lo como um trunfo em sua guerra diária.
    Para ter uma idéia, uma leitora me escreveu contando que só sentia prazer com o amante, porque, diferente do marido que era frouxo, ele a pegava na marra! Sim, conforme suas palavras, quando ela começava a dar uma de fresca, ele a pegava, arrastava para o quarto e faziam aquele amor gostoso!! E vai entender, porque ao mesmo tempo que ela dizia odiar o amante, não conseguia ficar sem ele!
    Mesmo gostando de homens "fortes", existem algumas que gostam de arrumar alguns bem fracos de vez em quando (como o marido desta leitora), não para confrontos, mas para que possam brincar, pisar o tempo todo, tudo para sentirem o prazer de humilhá-los. Sim, porque no fundo elas desprezam tanto os homens fracos, que fazem deles um passatempo.
    Então elas brincam por um tempo, alimentam o ego, e voltam a caçar espécimes mais "desafiadores", como uma caçadora que cansou de atirar em patos, indo em busca de algo mais desafiador como leões, tigres, jagunços, Zé Ruelas, cafajestes...
    E quando encontram um típico macho dominador, daqueles que adoram pegar mulher à laço e botar de castigo, ficam radiantes por ter arrumado um oponente à altura de seu "gênio forte"!
    Tenta me dominar se você for homem!
    Eu descobri que a mulher é coisa mais amarga que a morte, porque ela é um laço, e seu coração é uma rede, e suas mãos, cadeias. Aquele que é agradável a Deus lhe escapa, mas o pecador será preso por ela. (Eclesiastes 7:26 - A Bíblia Sagrada).




    Abraços,
    Apostador de Loteria.

      Data/hora atual: Sex Maio 26, 2017 11:23 pm